volume 14, issue 1, P125-149 2019
DOI: 10.1590/2176-457334977
View full text
|
Sign up to set email alerts
|
Share

Abstract: RESUMO Aborda-se neste artigo a condição suplementar de elaboração teórica do discurso literário no conceito multidimensional e interdisciplinar bakhtiniano, ou seja, a construção de um discurso relacional, ou uma poética da relação intertextual na obra do escritor quebequense Réjean Ducharme. Hifenizado como canadense-francês, confere-se a Ducharme o estatuto identitário do bastardo, ao qual se permite, ou se autoriza metaforicamente, a devoração e o plágio na prática de operações intertextuais como a citação…

Expand abstract