1988
DOI: 10.1590/s0103-40141988000300007
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Cinco livros do Modernismo brasileiro

Abstract: O presente texto foi especialmente escrito para uma história das literaturas latino-americanas, planejada pela profª Ana Pizzarro sob os auspícios da Associação Internacional de Literatura Comparada. A coordenação da parte brasileira da referida história está a cargo dos profs. Alfredo Bosi, Antônio Candido e Roberto Schwarz. Limitações de espaço, próprias de uma obra panorâmica dessa natureza, ajudam a explicar o caráter esquemático do presente texto e a sua destinação a um público não estritamente brasileiro… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1
1

Citation Types

0
0
0
3

Year Published

2020
2020
2022
2022

Publication Types

Select...
2
1

Relationship

0
3

Authors

Journals

citations
Cited by 3 publications
(3 citation statements)
references
References 0 publications
0
0
0
3
Order By: Relevance
“…Além dos poemas, há também nesse livro, o Prefácio Interessantíssimo, uma espécie de ata de fundação do Desvairismo (PAES, 1990), em que o poeta discorre sobre as concepções dessa nova visada, bem como questões que concebe como indispensáveis na teorização do Modernismo. Aqui, o autor não se considera futurista, mas ainda um autor passadista, em vias de conhecer o moderno pelo qual perpassa, assim, coloca-se no local de transição para o moderno.…”
Section: Inspiração: Ruptura De Isotopia E Apreensão Estéticaunclassified
“…Além dos poemas, há também nesse livro, o Prefácio Interessantíssimo, uma espécie de ata de fundação do Desvairismo (PAES, 1990), em que o poeta discorre sobre as concepções dessa nova visada, bem como questões que concebe como indispensáveis na teorização do Modernismo. Aqui, o autor não se considera futurista, mas ainda um autor passadista, em vias de conhecer o moderno pelo qual perpassa, assim, coloca-se no local de transição para o moderno.…”
Section: Inspiração: Ruptura De Isotopia E Apreensão Estéticaunclassified
“…41 Trabalhos de história do teatro brasileiro como os de Magaldi e Vargas (2000) e Riego (2010) também passaram a situar Alcântara Machado como uma contribuição ao teatro do período modernista. 42 Para alguns exemplos, ver Bosi (2003;2006), Candido (1979), Chalmers (1983), Paes (1988) e Pinto (2001). 43 Após a dissertação de Capela sobre Brás, Bexiga e Barra Funda (1989), novos trabalhos acadêmicos sobre Alcântara Machado começariam a aparecer, salvo engano, apenas nos anos 2000.…”
Section: Página|28unclassified
“…46 Ver Alfredo (2012); Barbosa (1988); Lara (1981); Pignatari (1997), entre outros. 47 Ver Ângelo (1997); Chalmers (1983) ;Faria, (1966); Paes (1988), entre outros.…”
Section: Há Um Debate Frequentemente Retomado a Respeito Dos Imigrantunclassified