2015
DOI: 10.1590/0103-166x2015000100012
| View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: Este estudo pretendeu avaliar o estresse e ansiedade materna, bem como a qualidade da interação de dez mães e seus bebês, de zero a três meses, com Sequência de Pierre Robin, internados em um hospital universitário. Utilizou-se uma escala e um inventário para avaliação do estresse e da ansiedade maternos e um protocolo para avaliação da filmagem da interação mãe-bebê. Os resultados apontaram altos níveis de estresse e ansiedade maternos. Foi encontrada uma relação inversa estatisticamente significativa: quanto… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
3
1

Citation Types

0
5
0
11

Year Published

2016
2016
2020
2020

Publication Types

Select...
6

Relationship

2
4

Authors

Journals

citations
Cited by 14 publications
(16 citation statements)
references
References 12 publications
0
5
0
11
Order By: Relevance
“…Due to the several care measures required by infants with cleft lip and palate, family members have to exercise responsible roles, even at a young age. A stronger mother-child bond (18) may also justify this finding.…”
Section: Discussionmentioning
confidence: 82%
“…Due to the several care measures required by infants with cleft lip and palate, family members have to exercise responsible roles, even at a young age. A stronger mother-child bond (18) may also justify this finding.…”
Section: Discussionmentioning
confidence: 82%
“…Tendo em vista que na maioria das culturas a mãe exerce o papel de cuidadora principal dos filhos, os problemas de ordem emocional, como a ansiedade vivenciada por ela, são fatores de risco na interação diádica, podendo influenciar significativamente na maneira como recebe e cuida da criança (Nardi, Rodrigues, Melchiori, Salgado, & Tavano, 2015;Souza, Prado, & Piccinini, 2011).…”
Section: Introductionunclassified
“…Dada a relevância do impacto causado pela ansiedade sobre o desenvolvimento infantil (Dipietro, 2012;Flores et al, 2012;Nardi et al, 2015), a identificação deste estado emocional e sua influência sobre a saúde mental de crianças com fissura labiopalatina possibilitam a elaboração de ações preventivas e interventivas, de modo a favorecer o suporte psicológico para as mães, assim como propor medidas para os problemas de desenvolvimento adaptativo da criança com tal anomalia. Considerando o exposto, o presente estudo objetivou identificar os indicadores clínicos para a ansiedade materna e correlacioná-los com os indicadores de problemas de comportamento (interna-lizantes e externalizantes) de crianças com fissura labiopalatina, com idade entre três e cinco anos.…”
Section: Introductionunclassified
“…However, in some circumstances, the woman comes across, just as much in gestation as in child-birth and postchild-birth, the news of having generated a baby suffering from congenital malformation (CM). This circumstance, linked to the expressive physical and psychic suffering of parents and relatives, demands peculiar care towards facing an unexpected situation from the health team [1].…”
Section: Introductionmentioning
confidence: 99%