2012
DOI: 10.1590/s0104-12902012000400004
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

A patologização do sedentarismo

Abstract: A identificação do sedentarismo como fator de risco para doenças crônico-degenerativas influenciou significativamente nas recomendações de saúde pública em defesa de estilos de vida fisicamente ativos. O artigo estuda o processo de patologização do sedentarismo e seus desdobramentos para o campo da saúde pública. Num primeiro momento, discutimos de que maneira o modelo biomédico serve de base para a transposição de aspectos da conduta humana como "fator de risco" e, a seguir, como patologia, tal qual no caso e… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1
1
1

Citation Types

0
5
0
5

Year Published

2016
2016
2020
2020

Publication Types

Select...
7

Relationship

1
6

Authors

Journals

citations
Cited by 10 publications
(11 citation statements)
references
References 15 publications
(6 reference statements)
0
5
0
5
Order By: Relevance
“…No caso da atividade física e, de uma maneira mais ampla, no "discurso do estilo de vida", alguns autores apontam que não é incomum encontrar, no discurso acadêmico/científico, olhares simplistas, moralistas e descontextualizados 26,27,28,29 , que, muitas vezes, ignoram as condições de vida das pessoas e que limitam a saúde à questão dos comportamentos relacionados à saúde e com aproximações superficiais de movimentos mais amplos, como o Movimento da Promoção da Saúde e todo o acúmulo a respeito dos determinantes sociais do processo saúde-doença 30,31 .…”
Section: Discrepâncias Entre Os Discursos: O Artigo De Althoff Et Alunclassified
“…No caso da atividade física e, de uma maneira mais ampla, no "discurso do estilo de vida", alguns autores apontam que não é incomum encontrar, no discurso acadêmico/científico, olhares simplistas, moralistas e descontextualizados 26,27,28,29 , que, muitas vezes, ignoram as condições de vida das pessoas e que limitam a saúde à questão dos comportamentos relacionados à saúde e com aproximações superficiais de movimentos mais amplos, como o Movimento da Promoção da Saúde e todo o acúmulo a respeito dos determinantes sociais do processo saúde-doença 30,31 .…”
Section: Discrepâncias Entre Os Discursos: O Artigo De Althoff Et Alunclassified
“…Além da individualização de problemas sociais e da culpabilização da vítima, destacam-se outros dois temas relevantes para o campo da saúde coletiva, que perpassam as opiniões expressadas pelos leitores e que discutimos a seguir: o papel atribuído à ciência, de solucionar os problemas terrenos, e a medicalização do sedentarismo; este último, inclusive, discutido por nós com mais profundidade em outra ocasião (Ferreira;Cardoso, 2012).…”
Section: Otimismo Sustentadounclassified
“…Doenças são vistas como resultado de processos degenerativos do organismo humano, da invasão de agentes biológicos ou de falha em algum mecanismo regulatório. Em suma, doenças são avarias na máquina humana (Ferreira;Cardoso, 2012).…”
Section: Discordância Argumentadaunclassified
“…Entretanto, tem sido observado que não há consenso entre as mesmas 2 . Neste contexto, a prática de atividade física ideal, normatizada dentro das recomendações institucionais, perde seu caráter hedonístico e adota características da medicalização, considerando-a como um fenômeno puramente bioló-gico e essencialmente determinante para um estado de saúde ideal [3][4][5] . Tal discurso desconsidera ou colocam em um plano secundário os processos de relações sociais que poderiam contribuir para reduzir a prática da atividade física 6 .…”
Section: Introductionunclassified