2010
DOI: 10.1590/s0101-90742010000200005
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

A formação de um exército à brasileira: lutas corporativas e adaptação institucional

Abstract: Resumo: O artigo aborda o processo de formação do Exército brasileiro no período 1850-1930 e discute o desenvolvimento de perspectivas de análise capazes de integrar, ao estudo de instituições e de elites, as condições históricas e culturais específicas das sociedades em que se inserem. Assim, busca afinar as discussões em torno da composição e recomposição de grupos dirigentes no Brasil, especialmente de elites burocráticas ou de Estado. A análise procura redimensionar elementos da dinâmica de construção naci… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1
1
1

Citation Types

0
2
0
6

Year Published

2013
2013
2024
2024

Publication Types

Select...
4
2
1

Relationship

0
7

Authors

Journals

citations
Cited by 9 publications
(8 citation statements)
references
References 1 publication
0
2
0
6
Order By: Relevance
“…E por analogia ao papel do Exército alemão na reorganização do Exército otomano e na formação dos jovens oficiais turcos, aqueles oficiais brasileiros ganharam o apelido, com um sentido pejorativo, de "jovens turcos". Em contrapartida, eles mesmos se denominavam "Cavaleiros da Ideia" (SEIDL, 2010).…”
Section: Um Périplo Pelo Brasil Do Início Do Século XXunclassified
See 1 more Smart Citation
“…E por analogia ao papel do Exército alemão na reorganização do Exército otomano e na formação dos jovens oficiais turcos, aqueles oficiais brasileiros ganharam o apelido, com um sentido pejorativo, de "jovens turcos". Em contrapartida, eles mesmos se denominavam "Cavaleiros da Ideia" (SEIDL, 2010).…”
Section: Um Périplo Pelo Brasil Do Início Do Século XXunclassified
“…Nas páginas da revista não só publicavam artigos originais sobre temas técnicomilitares e suas campanhas militares, como também assuntos políticos mais amplos; incluíam trabalhos traduzidos de militares alemães sobre assuntos estratégicos ou sobre as grandezas dos equipamentos bélicos alemães (ROQUIÉ, 1980;SEIDL, 2010). Com esse escopo, A Defesa Nacional se tornou "o primeiro instrumento de divulgação de um 'pensamento militar enquanto um pensamento nacional'" (SEIDL, 2010, p. 77).…”
Section: Um Périplo Pelo Brasil Do Início Do Século XXunclassified
“…Despite these contributions, which have been more directed towards institutional analyses than the empirical demonstration of transformations in the elites that directed these institutions during times of institutional change, few studies have sought to analyze the conditions that could have determined these transformations and their respective reconfigurations of the principles of legitimization of the leading elites which were behind these processes (Bordignon, 2013;Codato & Franz, 2018;Coradini, 1997aCoradini, , 1997bCoradini, , 1998Coradini, , 2003Dezalay & Garth, 2002;Garcia, 1993aGarcia, , 1993bGrill, 2015;Grynszpan, 1990;Loureiro, 1997;Martins, 1987;Miceli, 1981Miceli, , 2001aPécaut, 1990;Petrarca, 2017;Saint-Martin, 1988;Seidl, 2008Seidl, , 2010). In the search for a reference which will make it possible to analyze what is being proposed, the reference with the greatest sociological and historical character has been selected, even though it is used as a resource above all in the analysis of trajectories rather than the analysis of institutions.…”
Section: Analytical-theoretical Resourcesmentioning
confidence: 99%
“…Given this, support will be sought for two arguments that will be formulated here based on research that has already been conducted on this subject: a) even with the structure and professionalization of the state, which was the development of a growing social hierarchization based on cultural capital, the legitimate criterion of the hierarchization of the nation's leading elite during this period was an amalgam of a recognition of personal charisma and the impersonal logic of formal-bureaucratic rationality (Coradini, 1997a(Coradini, , 1997b(Coradini, , 2003Miceli, 2001a;Seidl, 2008Seidl, , 2010; b) the importing and manipulation of scientific administration from American learning and governmental institutions, but during this period this did not serve to structure an academic field of administration in Brazil, but rather this capital was converted and used in power struggles (Bourdieu, 1996) and as knowledge related to its form and direction (Dezalay & Garth, 2002), and as a result, it was used to oppose the "old politics" of the traditional oligarchical elites and give the new leading "cosmopolitan" elites a broader social role, giving them a missionary and heroic feeling, authorizing and legitimating their construction of the state (Pécaut, 1990).…”
Section: Introductionmentioning
confidence: 99%
“…Com a relativa impossibilidade de cobrir e garantir a ocupação de grandes áreas no território brasileiro, o Estado relacionou a atividade militar até a metade do século XIX, aos proprietários locais de terra. Após a segunda metade do século, uma série de modificações introduzidas no Exército, inspiradas por práticas europeias consideradas modernas, demonstram uma nítida preocupação em formalizar e padronizar a carreira militar e consequentemente toda a estrutura institucional (Seidl, 2010). O prédio dividido em três pavimentos, apresenta implantação de esquina, com entrada principal demarcada exatamente no encontro das duas fachadas, composta por um frontispício sustentado por duas colunas toscanas estilizadas.…”
Section: Alguns Exemplares De Edificações Militares No Rio Grande Do Sulunclassified