volume 29, issue 105, P969-977 2008
DOI: 10.1590/s0101-73302008000400002
View full text
|
Sign up to set email alerts
|
Share

Abstract: RESUMO: Este artigo desenvolve uma análise da Revolução Russa de 1917, a partir do exame de seu processo histórico de longa duração, no qual a implantação do cristianismo bizantino foi fundamental. O autor recorre à metáfora geológica da pseudo-morfose para explicar esse processo histórico e a ascensão do bolchevismo em 1917 e para estabelecer uma analogia entre os dois centros mundiais do poder durante parte do século XX.Palavras-chave: Pseudo-morfose. Revolução Russa. Tecnicismo. Cristianismos. Norte-Americ…

Expand abstract

Search citation statements

Order By: Relevance

Citation Types

0
0
0

Paper Sections

0
0
0
0
0

Publication Types

0
0
0
0

Relationship

0
0

Authors

Journals