volume 35, issue 10, P433-435 2013
DOI: 10.1590/s0100-72032013001000001
View full text
|
|
Share

Abstract: A ideia de prevenção da prematuridade data do final do século XIX, quando, na Europa, já se observava que operárias submetidas a longas jornadas de trabalho apresentavam maior risco de parto pré-termo, fato que sugeria a participação de fatores de risco sociais.Apesar da evolução tecnológica e científica das últimas décadas, a prematuridade ainda constitui um grande desafio -é a principal causa de morbidade e mortalidade neonatal, além de ser uma das principais causas de morte em crianças com menos de um ano …

Expand abstract