volume 27, issue 2, P89-94 1985
DOI: 10.1590/s0036-46651985000200006
View full text
|
|
Share

Abstract: RESUMODevido a evidências sugestivas da possibilidade de transmissão da toxoplas¬ mose por transfusão de sangue, os autores se propuseram avaliar o papel preventivo da violeta de genciana, à semelhança do que já é estabelecido para a doença de Chagas.O experimento em camundongos revelou a ação profilática da violeta de genciana quando adicionado ao sangue a ser transfundido na concentração de 1/1000 e permanência por 48 horas na geladeira. INTRODUÇÃOExistem evidências sugestivas da possibilidade de transmissã…

Expand abstract