volume 38, issue 138, P153-168 2016
DOI: 10.1590/es0101-73302016158324
View full text
|
Sign up to set email alerts
|
Share

Abstract: RESUMO: Quando, a partir dos anos 1960, o território das universidades brasileiras passou a ter o câmpus por modelo, foi preciso criar escritórios técnicos responsáveis por sua construção. Neste artigo, pretendemos mostrar a atuação de equipes técnicas no projeto e na construção do câmpus. Trata-se de uma tarefa complexa, que envolve inúmeros profissionais de variada formação, técnicos e acadêmicos, várias instâncias de decisão e de autorização. Escolhemos, como exemplo, o Escritório de Desenvolvimento Físico…

Expand abstract