volume 27, issue 97, P1181-1203 2006
DOI: 10.1590/s0101-73302006000400006
View full text
|
|
Share

Abstract: RESUMO: Na década de 1980, o educador Percival Brito, discutindo aspectos problemáticos das redações dos alunos nas aulas de língua portuguesa, afirmou que, na relação professor-aluno em sala de aula, a escola se personifica na figura do professor, o que causaria uma despersonalização de ambas as partes. Neste artigo, dedicamo-nos a ampliar o escopo de validação da tese de Brito por meio da sua inserção num arcabouço sociocognitivo de reflexão sobre a linguagem, que define a relação descrita acima como uma me…

Expand abstract

Search citation statements

Order By: Relevance

Citation Types

0
4
0
3

Paper Sections

0
0
0
0
0

Publication Types

0
0
0
0

Relationship

0
0

Authors

Journals