2020
DOI: 10.1590/1677-5449.200004 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: Resumo Aneurismas de artérias viscerais e renais são raros (0,01 a 2%) e seu risco de ruptura varia entre os diferentes tipos e de acordo com sua anatomia e contexto do paciente (comorbidades, gravidez e histórico de transplante hepático). A mortalidade decorrente da ruptura desses aneurismas é em torno de 25%. Novas técnicas e materiais derivados da neurointervenção parecem alternativas promissoras para o tratamento desses aneurismas. Neste contexto, relatamos um caso de paciente submetida a tratament… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance
Select...
0
2
0
2

Publication Types

Select...

Relationship

0
0

Authors

Journals