volume 22, issue 2, P565-584 2014
DOI: 10.1590/s0104-026x2014000200010
View full text
|
|
Share

Abstract: Resumo: Resumo: Resumo: Resumo: Resumo: Neste ensaio, entrelaço fios de vidas das mulheres negras que estão atadas ao fio da minha vida. Com os fios soltos das canções de Zezé Motta e dos escritos da filósofa Hannah Arendt, teço este texto-existência. Na leitura dos ensaios e poemas de Marlene Nourbese Philip, escritora afro-caribenha, me inspiro não só para resistir às amarras culturais hegemônicas, mas também para transcendê-las, criando possibilidades de escrita que vincule a dinâmica da fala com a dinâmic…

Expand abstract

Search citation statements

Order By: Relevance

Citation Types

0
0
0
1

Paper Sections

0
0
0
0
0

Publication Types

0
0
0
0

Relationship

0
0

Authors

Journals