2016
DOI: 10.11606/issn.2318-9800.v21i2p95-115
View full text |Buy / Rent full text
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: Publicado originalmente em Erkenntnis, 2. Band, 1931, pp. 219-241. Publicado com a permissão da Oxford University Press.

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2

Citation Types

0
0
0
2

Year Published

2018
2018
2018
2018

Publication Types

Select...
1

Relationship

0
1

Authors

Journals

citations
Cited by 3 publications
(2 citation statements)
references
References 0 publications
0
0
0
2
Order By: Relevance
“…Segundo o autor, na metafísica uma sequência de palavras podem até constituir um enunciado, mas apenas aparentemente, isto é, como pseudoenunciados. (CARNAP, 2009).…”
Section: Título Do Artigounclassified
See 1 more Smart Citation
“…Segundo o autor, na metafísica uma sequência de palavras podem até constituir um enunciado, mas apenas aparentemente, isto é, como pseudoenunciados. (CARNAP, 2009).…”
Section: Título Do Artigounclassified
“…Carnap conclui que a palavra principium e seu correspondente em grego não contemplam o seu significado original antes mesmo de ser dado um novo significado, de modo que a palavra permanece como uma concha vazia. (CARNAP, 2009). É certo que a interpretação de linguagem em Carnap é inteiramente diversa daquela concebida por Heidegger.…”
Section: Título Do Artigounclassified