2015
DOI: 10.1590/1982-0216201517610215
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Sotaque e telejornalismo: representações de comunicadores de mídia nordestinos

Abstract: RESUMO: Objetivo: descrever o conteúdo das representações sociais do comunicador de mídia nordestino acerca do seu sotaque. Métodos: a coleta de dados foi realizada em duas etapas. Na primeira, foi empregada a técnica de associação livre, na qual 50 universitários apresentaram o que pensavam diante da palavra "sotaque". Na segunda, por meio do Procedimento de Classificações Múltiplas (PCM), 25 comunicadores atuantes na Região Metropolitana do Recife classificaram as 15 palavras mais associadas pelos estudant… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1
1
1

Citation Types

0
1
0
5

Year Published

2018
2018
2023
2023

Publication Types

Select...
3
2
1

Relationship

0
6

Authors

Journals

citations
Cited by 9 publications
(6 citation statements)
references
References 17 publications
(18 reference statements)
0
1
0
5
Order By: Relevance
“…Thus, this accent pattern became a style recommended by the job market and also became more accepted by the listening public (LOPES et al, 2013;RAMOS;LIRA. ;ROAZZI, 2015).…”
Section: Discussionmentioning
confidence: 99%
“…Thus, this accent pattern became a style recommended by the job market and also became more accepted by the listening public (LOPES et al, 2013;RAMOS;LIRA. ;ROAZZI, 2015).…”
Section: Discussionmentioning
confidence: 99%
“…Pessoas de outras regiões com os sotaques padrões moram por longos períodos no Nordeste e conseguem manter o sotaque e outras formas de falar próprios de seus lugares de origem, visto não existir esse senso de ameaça que as nordestinas e os nordestinos expe-rimentam quando estão em outras regiões. Além disso, a fala coerente, criativa, e/ou inteligente de uma nordestina e de um nordestino relacionada a qualquer assunto é tomada com surpresa, pois a expectativa das pessoas de outras regiões é sempre de que o sotaque do Nordeste esteja ligado a discursos pobres, simplistas e "não inteligentes" (Ramos et al, 2015;Souza et al, 2017).…”
Section: Justificativas Para Uma Clínica Psicológica Regionalizadaunclassified
“…Por exemplo, nas novelas da televisão brasileira, os personagens com papéis subalternos (por exemplo, empregados e pessoas de classe baixa) falam com sotaques característicos da região Nordeste enquanto que os atores principais geralmente falam com o sotaque dito "padrão". Uma pesquisa realizada com os próprios comunicadores de mídia do Nordeste do Brasil mostrou que esses profissionais suavizam características do falar nordestino durante o exercício profissional para se adequar ao padrão preconizado pelo mercado de trabalho (Ramos, Lira, & Roazzi, 2015).…”
Section: Mídiaunclassified