volume 5, issue 2, P169-189 1995
DOI: 10.1590/s0103-65131995000200004
View full text
|
Sign up to set email alerts
|
Share

Abstract: As interpretações acerca do Sistema Toyota de Produção (STP), apontando o Just-In-Time e o Kanban como sua essência, demostram um entendimento limitado de sua verdadeira abrangência e potencialidade. O STP está estruturado sobre a base da completa eliminação das perdas, tendo o JIT e a autonomação como seus dois pilares de sustentação. O Controle da Qualidade Zero Defeitos (CQZD) aparece, também, como elemento essencial para a operacionalização da autonomação e funcionalidade de todo o sistema. Neste artigo, p…

Expand abstract

Search citation statements

Order By: Relevance

Citation Types

0
7
0
82

Paper Sections

0
0
0
0
0

Publication Types

0
0
0
0

Relationship

0
0

Authors

Journals