2009
DOI: 10.1590/s0100-55022009000300009
View full text |Buy / Rent full text
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: Este trabalho investiga a formação acadêmica e a motivação de médicos do Programa de Saúde da Família (PSF) para atuarem na área e as vivências adquiridas. Trata-se de estudo exploratório, descritivo e qualitativo. As categorias de análise foram: carência de formação em atenção básica na escola médica e início da carreira; trabalho cotidiano do médico; visita domiciliar; relação multiprofissional na equipe; trabalho médico - realização profissional, rotatividade e falta de perspectivas; compreensão da populaçã… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1

Citation Types

0
12
0
46

Year Published

2013
2013
2016
2016

Publication Types

Select...
3
1

Relationship

0
4

Authors

Journals

citations
Cited by 47 publications
(58 citation statements)
references
References 11 publications
(58 reference statements)
0
12
0
46
Order By: Relevance
“…Essa proposta curricular está inserida no conceito de integralidade do cuidado, identificando as necessidades de saúde, visando a uma educação transformadora, crítica e reflexiva, que favorece a produção de conhecimento, ao contrário do que se preconizava anteriormente: uma formação especializada e fragmentada. A formação atual está de acordo com a proposta de reorientação do modelo assistencial do setor da saúde, em vigor desde a regulamentação do Sistema Único de Saúde (SUS), em 1990, a qual valoriza atividades preventivas e a Atenção Básica 5,6,7 . Por intermédio da atividade na UPP os estudantes são inseridos em distintas Unidades de Saúde da Família (USF), no município de Marília, onde interagem com a comunidade no desenvolvimento de ações -reflexões -ações, por meio da realização de visitas domiciliárias durante os dois primeiros anos dos cursos de Enfermagem e Medicina.…”
Section: Introductionunclassified
“…Essa proposta curricular está inserida no conceito de integralidade do cuidado, identificando as necessidades de saúde, visando a uma educação transformadora, crítica e reflexiva, que favorece a produção de conhecimento, ao contrário do que se preconizava anteriormente: uma formação especializada e fragmentada. A formação atual está de acordo com a proposta de reorientação do modelo assistencial do setor da saúde, em vigor desde a regulamentação do Sistema Único de Saúde (SUS), em 1990, a qual valoriza atividades preventivas e a Atenção Básica 5,6,7 . Por intermédio da atividade na UPP os estudantes são inseridos em distintas Unidades de Saúde da Família (USF), no município de Marília, onde interagem com a comunidade no desenvolvimento de ações -reflexões -ações, por meio da realização de visitas domiciliárias durante os dois primeiros anos dos cursos de Enfermagem e Medicina.…”
Section: Introductionunclassified
“…This practice is seen not only in the reality of this research, but in another study in which the home visit is considered as an activity that aims to cater to patients who cannot go to the clinic, as bedridden people with disabilities, children under one week old, or older people who need special care closer to people after hospitalization, mothers who neglect the care of their children due to hygiene problems or other difficulties.. 11 This line of reasoning, it is noteworthy that the home visit should be made by all members of staff, each of which must organize the schedule to consider the majority of enrolled clients, considering that is a moment that can be observed the conditions of the home and the residents, and check the relevant problems and that most affect health. Home visits should be valued as a chance to meet and recognize a new field of flatter relations where not only remedies, but also promotes health.…”
mentioning
confidence: 97%
“…Home visits should be valued as a chance to meet and recognize a new field of flatter relations where not only remedies, but also promotes health. 11 When asked what is for them to act in a team of FHS, workers were satisfied. Job satisfaction is a complex and difficult to define because it is a subjective state phenomenon and can vary from person to person, circumstance to circumstance and over time for the same person.…”
mentioning
confidence: 99%
“…The context of the PHC in DF is a constraint but the training had the potential to generate professional competences. Teamwork has been neglected in professional training [12][13][14] in spite of the ample consensus of its fundamental role in implementing comprehensive actions. …”
mentioning
confidence: 99%