2014
DOI: 10.1590/1414-462x201400030003
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Satisfação dos familiares com os serviços de saúde mental para crianças e adolescentes: uma revisão sistemática

Abstract: Introdução: A avaliação dos familiares sobre a satisfação com os serviços de saúde mental para crianças e adolescentes pode ser particularmente útil, pois tais serviços são os principais provedores de cuidados, o que afeta os resultados do tratamento. O objetivo do presente estudo foi realizar uma revisão sistemática sobre a satisfação entre familiares com os serviços de saúde mental infantojuvenil, assim como analisar os fatores associados. Métodos:Busca de artigos publicados nas bases de dados PubMed/MEDLINE… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1
1

Citation Types

0
0
0
3

Year Published

2015
2015
2018
2018

Publication Types

Select...
3

Relationship

1
2

Authors

Journals

citations
Cited by 3 publications
(3 citation statements)
references
References 26 publications
(42 reference statements)
0
0
0
3
Order By: Relevance
“…Em uma recente revisão sistemática a respeito dos estudos que investigaram a satisfação dos familiares com os serviços de saúde mental infantojuvenil, verificou-se que, na maior parte dos estudos, os familiares também estavam satisfeitos com o serviço 26 . Estudos internacionais com o mesmo escore máximo de pontuação obtiveram médias de satisfação global semelhantes às encontradas no presente trabalho 27,28 .…”
Section: ▄ Discussãounclassified
“…Em uma recente revisão sistemática a respeito dos estudos que investigaram a satisfação dos familiares com os serviços de saúde mental infantojuvenil, verificou-se que, na maior parte dos estudos, os familiares também estavam satisfeitos com o serviço 26 . Estudos internacionais com o mesmo escore máximo de pontuação obtiveram médias de satisfação global semelhantes às encontradas no presente trabalho 27,28 .…”
Section: ▄ Discussãounclassified
“…Ao final foram avaliados 19 itens, com possibilidade de resposta em sim ou não, pontuando-se de 0 a 2 uma das questões e de 0 a 1 nas demais, de forma que a pontuação máxima fosse de 20 pontos. Aqueles que apresentaram classificação acima de 70% (acima de 14 pontos) foram incluídos nesta revisão por serem considerados de maior rigor metodológico, conforme critérios semelhantes utilizados por outros autores em artigos de revisão nacionais 15,16 .…”
Section: ▄ Introduçãounclassified
“…A versão do instrumento utilizado é composta por 27 itens, porém, após exclusão daqueles que não se aplicavam aos estudos selecionados, restaram 11 itens, tendo como alternativas de resposta sim ou não, com pontuação de 0 a 2 em um dos quesitos e de 0 a 1 nos demais, resultando em 12 pontos no máximo. Incluíram-se nesta revisão os artigos com classificação acima de 70% (acima de 8 pontos), por serem considerados de maior rigor metodológico, de acordo com critérios similares utilizados por autores em artigos de revisão (14)(15)(16)(17) . Os aspectos considerados para a avaliação qualitativa foram os seguintes: descrição da hipótese e objetivo; descrição dos desfechos a serem avaliados; descrição dos principais fatores de confusão; clara descrição dos principais resultados; apresentação das estimativas de dispersão e variabilidade dos resultados; apresentação dos valores de probabilidade para os resultados; representatividade dos participantes do estudo; adequabilidade dos testes estatísticos realizados nas análises; precisão das medidas de desfechos utilizadas; adequabilidade de ajuste das análises em relação aos fatores de confusão; poder do estudo em detectar diferença clinicamente relevante, considerando p menor que 5%.…”
Section: Métodosunclassified