2011
DOI: 10.1590/s0103-40142011000100004 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: O texto se inicia com a ideia de que o espaço urbano não é um dado da natureza, mas um produto do trabalho humano. Propõe então uma nova maneira de abordar a segregação urbana, utilizando para isso o caso da cidade de São Paulo. Mostra, entretanto, que essa nova abordagem vale também não só para a Região Metropolitana de São Paulo, como também para todas as demais Regiões Metropolitanas do Brasil. Esclarece os avanços por ela possibilitados, a saber: tanto o relacionamento da segregação com a estrutura espacia… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance
0
0
0
0
0
0
11
0
37

Publication Types

Select...

Relationship

0
0

Authors

Journals