2008
DOI: 10.1590/s1414-32832008000300003 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: Analisaram-se os significados culturais que os indivíduos amputados atribuem aos seus corpos e às suas vidas cotidianas após uso de prótese. Foram utilizados, como pressupostos teóricos, os estudos culturais e sóciohistóricos sobre o corpo humano. Participaram da pesquisa nove pacientes, sendo seis homens e três mulheres, com idades variando de 18 a 82 anos, além do protesista e do fisioterapeuta. As entrevistas foram analisadas por meio da técnica de análise de conteúdo, sendo identificadas quatro categorias … Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance
Select...
0
2
0
7

Publication Types

Select...

Relationship

0
0

Authors

Journals