Blucher Engineering Proceedings 2017 DOI: 10.5151/enei2017-47 View full text
|
|
Share
Paula ESTEBAN-JARDIM

Abstract: Resumo: A partir de uma crítica à teoria neoclássica da firma e à visão contratual e das falhas de mercado como explicação central para o processo de internacionalização da firma, é discutida a firma multinacional pela perspectiva do paradigma das competências, analisando o papel do conhecimento e do acesso ao conhecimento na diversificação do mercado geográfico da firma. A inserção internacional hierárquica e assimétrica que caracteriza o processo de internacionalização das firmas brasileiras e a concentraçã…

expand abstract