2021
DOI: 10.5007/2175-8026.2021.e74555
View full text
|
|
Share

Abstract: Este artigo pretende analisar as relações intertextuais e a alteridade nos romances The Ship of Fools (1962) da escritora americana Katherine Anne Porter e Não se Pode Morar nos Olhos de um Gato (2016) da autora portuguesa Ana Margarida de Carvalho. Partindo de uma abordagem comparatista, com o intuito de analisar semelhanças no seio das diferenças, recorrendo aos contributos teóricos de Tiphaine Samoyault, Ingedore Koch, Paul Voestermans, entre outros, discutiremos o modo como a intertextualidade se assume co…

Expand abstract