2017
DOI: 10.22456/2238-152x.61028
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Psicologia e políticas públicas: desafios para superação de práticas normativas / Psychology and puclib policies: challenges to overcoming normative practices

Abstract: ResumoO presente trabalho tem o objetivo de estudar a história da constituição de um saber psicológico normativo e da reflexão sobre a inserção da psicologia no âmbito da Saúde Coletiva, com destaque a alguns pontos norteadores para a profissão no sentido de garantir a formação de profissionais com um perfil condizente para atuação no âmbito das Políticas Públicas de Saúde. Será adotado o enfoque histórico social inspirado na perspectiva genealógica foucaultiana na tentativa de propor transformações atuais de … Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1
1

Citation Types

0
0
0
4

Year Published

2018
2018
2023
2023

Publication Types

Select...
4

Relationship

0
4

Authors

Journals

citations
Cited by 4 publications
(4 citation statements)
references
References 3 publications
0
0
0
4
Order By: Relevance
“…A literatura disponível também aponta as dificuldades de superação de uma clínica privatista, tradicionalmente aprendida nos processos de formação, e de adequação teórica ao modelo de intervenção proposto para o trabalho no SUS. Nesse sentido, a fragilidade dos psicólogos no que diz respeito à saúde coletiva e ao que se preconiza no serviço público é evidenciada (CFP, 2019;Cintra & Bernardo, 2017;Ferrazza, 2016;Pitombeira et al, 2016;Spink, 2013) 3 .…”
Section: Eixo 1 -Entre O Novo E O Velho O Conhecido E O Desconhecido:...unclassified
See 2 more Smart Citations
“…A literatura disponível também aponta as dificuldades de superação de uma clínica privatista, tradicionalmente aprendida nos processos de formação, e de adequação teórica ao modelo de intervenção proposto para o trabalho no SUS. Nesse sentido, a fragilidade dos psicólogos no que diz respeito à saúde coletiva e ao que se preconiza no serviço público é evidenciada (CFP, 2019;Cintra & Bernardo, 2017;Ferrazza, 2016;Pitombeira et al, 2016;Spink, 2013) 3 .…”
Section: Eixo 1 -Entre O Novo E O Velho O Conhecido E O Desconhecido:...unclassified
“…No que concerne às políticas públicas de saúde, a profissão de psicólogo no Brasil passou e ainda passa por transformações, a partir de iniciativas que procuram repensá-la em diversos aspectos, tais como: produção de conhecimento, atuação, composição de equipes e formação. Nessa perspectiva, inúmeros desafios se apresentam às práticas em psicologia, muitas vezes ainda aquém das reais necessidades da população e das propostas de consolidação do Sistema Único de Saúde (SUS) e da Rede de Atenção Psicossocial (Raps) (Cintra & Bernardo, 2017;Conselho Federal de Psicologia [CFP], 2019 ;Ferrazza, 2016;Pitombeira, Xavier, Barroso, & Oliveira, 2016;Spink, 2013).…”
Section: Introductionunclassified
See 1 more Smart Citation
“…A formação em Psicologia ainda se estabelece, fundamentalmente, alicerçada nos parâmetros da clínica tradicional. Ferrazza (2016) salienta, por exemplo, que o ingresso da Psicologia no âmbito de políticas públicas de saúde tem colocado o/a profissional diante de uma realidade ainda distante daquela habitualmente apresentada na formação, assentada no modelo clínico clássico, privatista e individualista. Salientamos que, de modo similar, nos demais campos das políticas públicas, processo semelhante tem acontecido.…”
Section: A Inserção Da Psicologia Nas Políticas Públicasunclassified