2008
DOI: 10.1590/s1413-81232008000200024
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Proteção, promoção e apoio ao aleitamento materno em um hospital universitário

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1
1
1

Citation Types

0
8
0
19

Year Published

2010
2010
2021
2021

Publication Types

Select...
7
2

Relationship

0
9

Authors

Journals

citations
Cited by 23 publications
(27 citation statements)
references
References 11 publications
0
8
0
19
Order By: Relevance
“…A despeito dos seus benefícios, bem como das várias e constantes iniciativas para estimular e apoiar sua duração, as taxas de aleitamento materno no Brasil estão aquém das expectativas da Organização Mundial de Saúde -OMS (Ministério da Saúde, 2008;Venâncio, 2003;Almeida, Spiri, Juliani & Paiva, 2008). Queiroz (2000) aponta que essas iniciativas por vezes deixam de lado os aspectos intersubjetivos da relação mãe-filho (as dificuldades relacionais, o gozo), situados além da prevenção de doenças orgânicas e da função puramente alimentar.…”
Section: O Trabalho Foi Derivado De Dissertação De Mestrado Em Saúde unclassified
“…A despeito dos seus benefícios, bem como das várias e constantes iniciativas para estimular e apoiar sua duração, as taxas de aleitamento materno no Brasil estão aquém das expectativas da Organização Mundial de Saúde -OMS (Ministério da Saúde, 2008;Venâncio, 2003;Almeida, Spiri, Juliani & Paiva, 2008). Queiroz (2000) aponta que essas iniciativas por vezes deixam de lado os aspectos intersubjetivos da relação mãe-filho (as dificuldades relacionais, o gozo), situados além da prevenção de doenças orgânicas e da função puramente alimentar.…”
Section: O Trabalho Foi Derivado De Dissertação De Mestrado Em Saúde unclassified
“…Constata-se que os profissionais de saúde dos BLH utilizam a orientação para promover a prática do aleitamento materno, tão preconizada pelo Ministério da Saúde, mas que tem se mostrado um desafio para todos os envolvidos nessa orientação, resultando em baixos índices de aleitamento exclusivo e complementado necessitando, portanto, do comprometimento político e institucional para incentivar essa prática e favorecer a diminuição dos índices de mortalidade infantil (12)(13) .…”
Section: Discussionunclassified
“…Para o bebê, além de seu conteúdo nutricional, incluem melhor capacidade de absorção interna, previne alergias e problemas respiratórios, propicia desenvolvimento psicológico mais favorável, melhores defesas imunológicas, e exerce um papel importante na redução da mortalidade infantil, além dos aspectos afetivos entre a mãe e o bebê (ALMEIDA et al, 2008). Para a nutriz, a prática da amamentação no seio promove melhor involução genital no período pós-parto, diminui a incidência do câncer mamário e útero, além dos aspectos da praticidade em sua manipulação, não resultando em gastos financeiros para a família (SANTOS et al, 2000).…”
Section: Ansiedade E Medounclassified