2007
DOI: 10.1590/s0102-311x2007001200022
View full text |Buy / Rent full text
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: This study focuses on the relationship between the work process in a food and nutrition unit and workers' health, in the words of the participants themselves. Direct observation, a semistructured interview, and focus groups were used to collect the data. The reference was the dialogue between human ergonomics and work psychodynamics. The results showed that work

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
3
2

Citation Types

0
8
0
34

Year Published

2010
2010
2015
2015

Publication Types

Select...
3

Relationship

0
3

Authors

Journals

citations
Cited by 42 publications
(42 citation statements)
references
References 3 publications
(42 reference statements)
0
8
0
34
Order By: Relevance
“…Neste estudo verificaram-se condições de trabalho e arranjo físico inadequados, equipamentos por vezes insuficientes ou mal conservados, exigências físicas, cognitivas e psíquicas elevadas, dentre as quais se destacaram: volume excessivo de trabalho com ritmo acelerado sem pausa, longas horas de trabalho em pé; ciclos curtos; adoção de posturas extremas e antinaturais; uso acentuado de força; número excessivo de movimentos e deslocamentos constantes; trabalho monótono, Revista de Nutrição com grande pressão temporal; necessidade de atenção concentrada e memória; percepção e discriminação visual para detalhes; polivalência; flexibilidade; necessidade frequente de tomada de decisões; necessidade constante da colaboração dos chefes e colegas para a realização do trabalho, resultados semelhantes aos observados em cozinhas de unidades de alimentação e nutrição [1][2][3][4][5][23][24][25][26] .…”
Section: I S C U S S ã Ounclassified
“…Neste estudo verificaram-se condições de trabalho e arranjo físico inadequados, equipamentos por vezes insuficientes ou mal conservados, exigências físicas, cognitivas e psíquicas elevadas, dentre as quais se destacaram: volume excessivo de trabalho com ritmo acelerado sem pausa, longas horas de trabalho em pé; ciclos curtos; adoção de posturas extremas e antinaturais; uso acentuado de força; número excessivo de movimentos e deslocamentos constantes; trabalho monótono, Revista de Nutrição com grande pressão temporal; necessidade de atenção concentrada e memória; percepção e discriminação visual para detalhes; polivalência; flexibilidade; necessidade frequente de tomada de decisões; necessidade constante da colaboração dos chefes e colegas para a realização do trabalho, resultados semelhantes aos observados em cozinhas de unidades de alimentação e nutrição [1][2][3][4][5][23][24][25][26] .…”
Section: I S C U S S ã Ounclassified
“…Geralmente, as dificuldades dos trabalhadores na aprendizagem de rotinas relacionadas à manipulação de alimentos, padronização dos processos de higiene e interesse no seu desenvolvimento são atribuídas a baixas ou deficientes escolaridade e certificação de qualificação profissional 10,11 . O setor de alimentação coletiva é um setor percebido como "de passagem", em que os indivíduos ficam pouco tempo; apresenta alta rotatividade, alto absenteísmo e baixa atratividade, causados pelas limitações quanto à motivação e ao reconhecimento profissional 10,11 . O baixo status profissional dos trabalhadores impulsiona o declí-nio da remuneração e, nesta mesma direção, os salários pressionam pela diminuição da qualidade da mão-de-obra do setor.…”
Section: N T R O D U ç ã Ounclassified
“…Adicionalmente à insuficiente qualificação dos trabalhadores de alimentação coletiva, o processo de trabalho é executado rotineiramente sob condições ambientais de ruído excessivo, temperatura elevada, iluminação precária, ventilação insatisfatória, além de serem utilizados equipamentos quebrados ou em condições arriscadas de funcionamento, o que pode estar diretamente relacionado tanto à produtividade como à saúde dos trabalhadores 9,10,[12][13][14] .…”
Section: N T R O D U ç ã Ounclassified
See 1 more Smart Citation
“…Elas podem estar situadas em locais como escolas, universidades, hospitais, empresas, dentre outras instituições (COLARES;FREITAS, 2007;TEIXEIRA, 2004).…”
Section: Introductionunclassified