1995
DOI: 10.1590/s0102-311x1995000100015
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Prevalência de hipovitaminose a em crianças da periferia do município de Campinas, São Paulo, Brasil

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
3
1
1

Citation Types

0
1
0
5

Year Published

2000
2000
2014
2014

Publication Types

Select...
9

Relationship

0
9

Authors

Journals

citations
Cited by 20 publications
(6 citation statements)
references
References 22 publications
(25 reference statements)
0
1
0
5
Order By: Relevance
“…12 In this study, no statistical differences with regards to VAD and the children's gender were found, a result similar to those observed in other studies. 5,12,22 According to the WHO, c differences in rates of VAD prevalence related to sex are attributed to cultural differences in eating habits and are not consistent with the existence of a physiological factor in this association.…”
Section: Discussionmentioning
confidence: 99%
“…12 In this study, no statistical differences with regards to VAD and the children's gender were found, a result similar to those observed in other studies. 5,12,22 According to the WHO, c differences in rates of VAD prevalence related to sex are attributed to cultural differences in eating habits and are not consistent with the existence of a physiological factor in this association.…”
Section: Discussionmentioning
confidence: 99%
“…Estas cifras refletem a situação no iní-cio da implantação do Programa de Combate à Deficiência de Vitamina A, podendo ter havido alteração a partir de então. Embora já tenha sido sugerido que crianças do sexo masculino sejam mais suscetíveis à deficiência de vitamina A que crianças do sexo feminino 28 , no presente estudo os níveis médios de retinol sérico foram semelhantes em ambos os sexos, como descrito em outros estudos 6,7,29 .…”
Section: Discussionunclassified
“…Essa afirmação é sustentada por resultados de estudos realizados a partir da década de 70, que avaliam a situação da hipovitaminose A nas regiões Sudeste (São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais) 5,6,7,8,9,10 , Norte (Amazônia Ocidental) 11 e Nordeste (Pernambuco, Paraí-ba, Bahia, Ceará e Sergipe) 12,13,14,15,16,17,18 do Brasil.…”
Section: Introductionunclassified
“…O comportamento homogêneo dos níveis séricos de retinol, no que diz respeito à distribuição etária, não confirmou uma tendência que tem sido observada nesse grupo populacional, no qual crianças de menor idade tendem a apresentar níveis séricos de retinol mais baixos 26,30 . No entanto, estudos oriundos do Estado de São Paulo também não mostraram correlação dos níveis séricos de retinol com a idade 30,31 .…”
Section: I S C U S S ã Ounclassified