volume 18, issue 32, P69-94 2012
DOI: 10.1590/s1413-77042012000100004
View full text
|
|
Share

Abstract: No começo do século XVII, os monges beneditinos se fixaram na América portuguesa. Os mosteiros adquiriram engenhos, escravaria, fazendas e imóveis nas áreas urbanas, por meio de reciprocidades com outros vassalos e instituições. O artigo aborda a inserção da instituição beneditina no Rio de Janeiro seiscentista e as relações estabelecidas para além do claustro, demonstrando o quanto a família monástica fazia parte da elite local.

Search citation statements

Order By: Relevance

Citation Types

0
0
0
1

Paper Sections

0
0
0
0
0

Publication Types

0
0
0
0

Relationship

0
0

Authors

Journals