volume 25, issue 66, P573-585 2012
DOI: 10.1590/s0103-49792012000300012
View full text
|
|
Share

Abstract: O artigo propõe uma operacionalização do conceito de oposição baseada nas posturas assumidas publicamente pelos partidos e testa sua aplicação em uma análise comparada da arena eleitoral entre quatro estados brasileiros. O ambiente da competição entre situação e oposição em Minas Gerais, Pernambuco, São Paulo e Rio Grande do Sul é analisado através de uma série de indicadores empíricos nas eleições de 2002 e 2006. A análise mostra grandes variações na competitividade das oposições, nas estratégias de coligação…

Expand abstract

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

0
0
0
0
0

Citation Types

0
0
0

Publication Types

Select...

Relationship

0
0

Authors

Journals