volume 25, issue 1, P145-160 2013
DOI: 10.1590/s1984-02922013000100010
View full text
|
Sign up to set email alerts
|
Share

Abstract: resumO Este artigo discute a emergência dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) destacando as artes de governar que engendram sua criação. Indica que o CRAS, equipamento estratégico da Política Nacional de Assistência Social (PNAS), é efeito do entrecruzamento de práticas sociais diversas, condensando em sua emergência o modo biopolítico de gestão das populações, o modo neoliberal como arte de governar, a Assistência Social como campo de saber e de práticas sociais e as práticas psi. Apontamos q…

Expand abstract

Search citation statements

Order By: Relevance

Citation Types

0
1
0
4

Paper Sections

0
0
0
0
0

Publication Types

0
0
0
0

Relationship

0
0

Authors

Journals