volume 14, issue 3, P653-673 2014
DOI: 10.1590/1982-4017-140312-4413
View full text
|
|
Share

Abstract: Neste artigo, analisamos as ordens de indexicalidade mobilizadas nas performances discursivas de raça, gênero e sexualidade de Hiago, um garoto de programa. Para tal, nos ancoramos nas Teorias Queer e em teorizações sobre a web como um espaço de coexistência de discursos e atores. Esta pesquisa é de cunho etnográfico virtual (HINE, 2000 e 2005) e os dados foram gerados em um chat entre um dos pesquisadores e Hiago. Como instrumental analítico, embasamo-nos nas propostas de Goffman ([1979]1998) de alinhamento e…

Expand abstract