2011
DOI: 10.1590/s1516-14982011000200005 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: O trabalho distingue o estabelecimento do conceito de objeto a por Lacan, a partir dos objetos da pulsão, destacando o advento do objeto a como operação conceitual que enceta a transposição da relação sujeito/objeto, do campo do conhecimento para o campo da ética. Ressituando-se este objeto como estrutural, conclui-se que a afirmação lacaniana de uma causalidade que incide neste plano objetal, como constitutiva da condição desejante do sujeito, demarca um novo estatuto da problemática ética, a qual queda refer… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance
0
0
0
0
0
0
0
0

Publication Types

Select...

Relationship

0
0

Authors

Journals