2018
DOI: 10.1590/es0101-73302018183505 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: RESUMO: O estágio supervisionado ocupa lugar central na articulação entre o aspecto teórico e o prático na formação de futuros professores. O artigo apresenta constatações de um estudo sobre esse lugar em duas realidades distintas.

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance
Select...
3
1
0
0
0
8

Year Published

2019
2019
2021
2021

Publication Types

Select...
3
1

Relationship

0
4

Authors

Journals

0
0
0
8
Order By: Relevance
“…Dessa forma, espera-se que sejam observados elementos capazes de aproximar os alunos da realidade escolar, sua organização e demais situações que apenas tenham sido parte de seu referencial teórico ou seja, apenas fizeram parte da construção teórica não saindo desse campo, para situações cotidianas. Para além deste contato com a realidade, Ludke (2013) sinaliza que o estágio também desenvolve o perfil de pesquisador, o que caracteriza a autonomia docente, através da busca pela produção científica que seja capaz de melhorar sua prática. Sacristán (1999 p.64) apresentava como grande desafio da formação profissional docente, a institucionalização da prática, como sendo algo periférico e que de forma globalizada não atendia aos contextos específicos.…”
Section: O Estágio E Sua Contribuição Para Formação Do Professorunclassified
See 1 more Smart Citation
Create an account to read the remaining citation statements from this report. You will also get access to:
  • Search over 1.2b+ citation statments to see what is being said about any topic in the research literature
  • Advanced Search to find publications that support or contrast your research
  • Citation reports and visualizations to easily see what publications are saying about each other
  • Browser extension to see Smart Citations wherever you read research
  • Dashboards to evaluate and keep track of groups of publications
  • Alerts to stay on top of citations as they happen
  • Automated reference checks to make sure you are citing reliable research in your manuscripts
  • 7 day free preview of our premium features.

Trusted by researchers and organizations around the world

Over 130,000 students researchers, and industry experts at use scite

See what students are saying

rupbmjkragerfmgwileyiopcupepmcmbcthiemesagefrontiersapsiucrarxivemeralduhksmucshluniversity-of-gavle
“…Dessa forma, espera-se que sejam observados elementos capazes de aproximar os alunos da realidade escolar, sua organização e demais situações que apenas tenham sido parte de seu referencial teórico ou seja, apenas fizeram parte da construção teórica não saindo desse campo, para situações cotidianas. Para além deste contato com a realidade, Ludke (2013) sinaliza que o estágio também desenvolve o perfil de pesquisador, o que caracteriza a autonomia docente, através da busca pela produção científica que seja capaz de melhorar sua prática. Sacristán (1999 p.64) apresentava como grande desafio da formação profissional docente, a institucionalização da prática, como sendo algo periférico e que de forma globalizada não atendia aos contextos específicos.…”
Section: O Estágio E Sua Contribuição Para Formação Do Professorunclassified
“…A proposta de também realizar o estágio de forma híbrida, no uso dos mecanismos que as escolas, enquanto campos de estágio dispusessem, trouxe a oportunidade de refletir sobre como os professores estão sendo formados nos últimos anos e se essa contribui para a constituição de um perfil docente que atenda novas demandas, como o uso de metodologias ativas e tecnologias diversas. Ludke (2013) destaca que parte dessa prática a qual fomenta características de ética e responsabilidade aos que escolhem à profissão docente é constituída no momento do estágio de forma que o professor em formação sente-se parte, através da ideia de pertencimento e que tais aspectos ainda se referendam no reconhecimento pela sociedade, seus alunos, os professores e instituições formadoras.…”
unclassified
“…Algumas saídas têm sido apresentadas pela literatura, destacando-se as proposições que têm sinalizado para criação de conexões entre estes dois lugares da formação. Neste sentido, o estágio tem sido uma temática de grande reflexão em inúmeros trabalhos, que vêm apontando as fragilidades do modelo aplicacionista e do tradicional formato 3+1 (GATTI, 2016;LÜDKE e CRUZ, 2005; LÜDKE e SCOTT, 2018). No mesmo caminho, mais recentemente, a criação do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) tem representado uma aguda guinada no estreitamento entre os cursos de licenciatura e os cenários escolares (ANDRÉ, 2018).…”
Section: Introductionunclassified
“…Em síntese, desde a instalação das primeiras escolas normais no século XIX, até a atualidade, a prática de ensino das licenciaturas sofreu alterações. Segundo Lüdke (2013), no início do século XX, os Institutos de Educação deram origem aos cursos de licenciatura, sendo que [...] esses cursos, entretanto, deixaram para trás a preocupação básica com a articulação entre a preparação teórica e a iniciação à prática, tão cara a Anísio Teixeira, e fizeram sua história muito mais centrada na valorização das disciplinas de conteúdo específico. O desequilíbrio entre os dois aspectos básicos para a formação de professores ficou estigmatizado na figura do 3 + 1, que representa a organização do curso de licenciatura em três anos consagrados às disciplinas de conteúdos específicos e um último voltado para as ligadas à pedagogia e à didática (LÜDKE, 2013, p. 116).…”
Section: Introductionunclassified