2004
DOI: 10.1590/s0104-83332004000200004
View full text
|
|
Share

Abstract: Este artigo propõe uma discussão das implicações políticas e teóricas da miscigenação como uma formação discursiva, que produz como seu centro a figura idealizada e essencializada do mestiço - mulata ou mulato. Em segundo lugar, toma o caso concreto da construção de duas figuras de gênero racializadas no ambiente da chamada reafricanização da cultura e da política em Salvador: o brau e a beleza negra. O primeiro, uma performance masculina hiper-sexualizada e agressiva, marcada por releituras juvenis vernáculas…

Expand abstract

Search citation statements

Order By: Relevance

Citation Types

0
2
0
9

Paper Sections

0
0
0
0
0

Publication Types

0
0
0
0

Relationship

0
0

Authors

Journals