2012
DOI: 10.1590/s0103-166x2012000100008
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

O cuidado psicológico ao médico em reprodução assistida: um enquadre diferenciado

Abstract: Profissionais da área da saúde entram em contato com o sofrimento humano mesmo quando não trabalham diretamente no campo da Psicologia. Este estudo baseou-se no referencial da psicanálise com vistas a compreender os aspectos do sofrimento humano que emerge para os médicos no exercício da reprodução assistida, e a importância do estudo do imaginário coletivo sobre situações de difícil manejo em suas clínicas. Participaram vinte e dois médicos que atuam em hospitais e clínicas do estado de São Paulo em âmbitos p… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1

Citation Types

0
0
0
2

Year Published

2019
2019
2021
2021

Publication Types

Select...
2
1
1

Relationship

1
3

Authors

Journals

citations
Cited by 4 publications
(2 citation statements)
references
References 12 publications
0
0
0
2
Order By: Relevance
“…As situações inesperadas aludem à imprevisibilidade do caso a ser atendido, sendo a capacidade de prestar atenção em si mesma que lhe possibilita seguir trabalhando com o inesperado. Miranda et al (2012) constataram, a partir de estudo qualitativo, que as situações de difícil manejo relatadas por médicos estão associadas àquelas que estão para além dos aspectos teóricos e científicos, não podendo ser solucionadas apenas por meio desse saber. A partir dos relatos, identificou-se o reconhecimento de que o trabalho médico possa ser exercido com afetação e sem prejuízo à competência técnica.…”
Section: Terceira Asserção "Desafios Na Construção Da Identidade Médica: Entre a Necessária Afetação E O Risco Da Indiferença"unclassified
“…As situações inesperadas aludem à imprevisibilidade do caso a ser atendido, sendo a capacidade de prestar atenção em si mesma que lhe possibilita seguir trabalhando com o inesperado. Miranda et al (2012) constataram, a partir de estudo qualitativo, que as situações de difícil manejo relatadas por médicos estão associadas àquelas que estão para além dos aspectos teóricos e científicos, não podendo ser solucionadas apenas por meio desse saber. A partir dos relatos, identificou-se o reconhecimento de que o trabalho médico possa ser exercido com afetação e sem prejuízo à competência técnica.…”
Section: Terceira Asserção "Desafios Na Construção Da Identidade Médica: Entre a Necessária Afetação E O Risco Da Indiferença"unclassified
“…Dessa forma, entende-se que as ações humanas estão fortemente ancoradas nas apreensões que os seres humanos fazem do mundo, não na realidade objetivamente percebida. Campos de Sentido Afetivo-Emocional têm sido entendidos, mediante os conceitos de campo de Bleger (1989) 51 e de Herrmann (2001) 52 , como as regras lógico-emocionais que sustentam o Imaginário Coletivo, ou seja, o conjunto de condutas que dotam de sentido as relações humanas 53 .Pesquisas anteriores têm demonstrado o valor científico desse tipo de investigação, bem como a importância de compreender os campos de sentido afetivo-emocionais que regem as condutas de diferentes grupos[54][55][56][57][58][59] .Ampliar o conhecimento a respeito do Imaginário Coletivo do médico que atua em RA é importante na medida em que se torna necessário refletir sobre o fazer do profissional, que é confrontado diariamente com o sofrimento humano. Conhecer os campos de sentido afetivo-emocional regentes da conduta torna possível pensar em ações facilitadoras que possam proporcionar ao profissional criar/encontrar 6 40 , o que já está lá para ser encontrado, defrontar-se com as possibilidades que tem para viver a sua experiência como médico, podendo até surpreender-se 7 com o que encontra, superando dissociações, causadoras do sofrimento emocional.…”
unclassified