1999
DOI: 10.1590/s0102-64451999000200011
View full text |Buy / Rent full text
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: A abordagem construtivista no estudo das relações internacionais é submetida a um exame, com ênfase nas questões epistemológicas que ela suscita e na importância da dimensão sócio-cognitiva na sua formulação e aplicação.

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1
1
1

Citation Types

0
1
0
31

Year Published

2011
2011
2015
2015

Publication Types

Select...
2
2

Relationship

0
4

Authors

Journals

citations
Cited by 30 publications
references
References 47 publications
0
1
0
31
Order By: Relevance
“…Para os autores construtivistas, as motivações dos atores são entendidas como causas de suas ações (Adler, 1999).…”
Section: Public Opinion Also Plays a Role In Moving Theunclassified
“…O poder na concepção construtivista tem um papel crucial na construção da realidade social, assumindo três dimensões básicas: recursos para impor uma visão própria aos outros; autoridade para determinar os significados compartilhados que formam as identidades, os interesses e os comportamentos dos Estados; e, as condições que determinam o acesso a bens e benefícios (Adler, 1999).…”
Section: Public Opinion Also Plays a Role In Moving Theunclassified
“…Ao discutirem o significado e o peso das ideias, mostram como elas têm grande relevância na determinação da agenda internacional e na discussão das normas que prevalecem. Ao destacarem o peso dos grupos epistêmicos, mesmo sem considerarem qualquer aná-lise de classe, reforçam a percepção de que a articulação dos interesses é um elemento básico na determinação da agenda (Adler, 1999;Wendt, 1999). Essa forma de conceber as relações internacionais pode ser retrabalhada de forma a evidenciar o significado que têm os interesses dos dominantes e dos dominados.…”
Section: Contribuição Marxista Para a Interpretação Das Relações Inteunclassified
“…Exige-se dos pesquisadores estudos mais profundos de campo, para identificar os atores e compreender suas reais motivações. A partir da proposta de uma teoria sócio-cognitiva e evolutiva, Adler (1999) Nesse sentido, Cervo (2003) sugere uma análise paradigmática para a disciplina que orienta a produção teórica e a adoção de metodologias próprias. Para o autor, deve-se organizar o objeto estudado, os conceitos e contextos que lhe dão inteligibilidade e significação, deve se construir conceitos pela via da observação empírica e, portanto, recorrer à história como método científico, o que é um verdadeiro "laboratório de experiências".…”
Section: Introductionunclassified
“…Preocupa-se, portanto, com a relevância ontológica das ideias compartilhadas, as quais moldam a materialidade, que não negam existir, como a alusão de Wendt (1999) ao materialismo residual ou de fundo demonstra. Adler (1999)…”
Section: Materialismo E Idealismo Nas Relações Internacionaisunclassified