2018
DOI: 10.5151/enei2018-71
View full text
|
|
Share
Marcelo Sartorio Loural, Vinícius Eduardo Ferrari

Abstract: Resumo: O presente artigo tem por objetivo analisar o caso da Petrobrás no período recente à luz da teoria sobre as disputas entre proprietários e gestores em torno do controle das organizações produtivas de capital aberto. Foram observados nos últimos anos posicionamentos estratégicos distintos por parte da empresa em questão. Até 2013 prevaleceu uma estratégia agressiva de investimentos, que deu lugar à priorização dos retornos de curto prazo a seus acionistas e à venda de ativos fixos (desinvestimento). Dad…

expand abstract