volume 24, issue 43, P66-95 2021
DOI: 10.11606/1982-8837244366
View full text
|
|
Share

Abstract: Este trabalho tem como objetivo discutir as noções de apropriação pela via da tradução a partir da análise de oito excertos da Preparação à primeira parte da obra Die Kunst das Clavier zu spielen de Friedrich Wilhelm Marpurg. A Preparação desta obra compõe-se de 23 parágrafos, dos quais oito refletem ideias apresentadas numa obra anterior, a saber, L’Art de toucher le clavecin (1716), de François Couperin. Para este trabalho será considerado o reflexo dessas ideias pela via da tradução. Os trechos traduzidos a…

Expand abstract