volume 24, issue 2, P269-279 2021
DOI: 10.1590/1982-0259.2021.e75361
View full text
|
|
Share
Daniela Ribeiro Castilho, Esther Luíza de Souza Lemos

Abstract: Resumo: Este artigo busca problematizar o avanço do modelo ultraneoliberal presente no governo Bolsonaro e seus impactos na política de seguridade social brasileira, enquanto política pública e como tal, dever do Estado. O avanço das contrarreformas reacionárias destrói os sustentáculos essenciais da política de seguridade social: a saúde, previdência e assistência social. A metodologia escolhida consiste na pesquisa bibliográfica a partir de produções científicas publicadas em artigos e livros, como também, j…

Expand abstract