2018
DOI: 10.1590/2317-6369000006518
View full text
|
|
Share

Abstract: Resumo Objetivo: conhecer as formas de mobilização subjetiva utilizadas pelos trabalhadores de um Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas a partir de uma pesquisa de intervenção. Métodos: pesquisa qualitativa que utilizou como metodologia a Clínica do Trabalho. Foram realizadas 5 sessões grupais com 16 trabalhadores de saúde mental do referido centro. Para interpretar os achados, utilizou-se a análise de conteúdo temática. Resultados: os trabalhadores não se sentem valorizados nem apoiados pelos su…

Expand abstract