1999
DOI: 10.1590/s0101-32621999000100004
View full text |Buy / Rent full text
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: RESUMO: Neste texto discute-se o gênero como construção social que uma dada cultura estabelece em relação a homens e mulheres, mostrando que essa construção é relacional, tanto no que se refere ao outro sexo quanto a outras categorias, tais como raça, idade, classe social e habilidades motoras. Analisa as expectativas corporais em relação a meninos e meninas e suas manifestações na cultura escolar, o esporte como conteúdo genereficado da educação física e as possibilidades de intervenção docente na construção … Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1
1
1

Citation Types

0
1
0
20

Year Published

2003
2003
2017
2017

Publication Types

Select...
5

Relationship

1
4

Authors

Journals

citations
Cited by 45 publications
(21 citation statements)
references
References 3 publications
(21 reference statements)
0
1
0
20
Order By: Relevance
“…However, this sport, by masking the 'sexism of the gestures', even demanding risks, values the apparent lightness and femininity. Therefore RG, which could be an interesting experience for both boys and girls, is prized by its 'sexist gestures' (Sousa and Altmann 1999).…”
Section: The Macho Bodies In Sportmentioning
confidence: 99%
“…Assim, buscou-se manter a simbologia da mulher como dotada de fragilidade e emoções, como mais fácil de lidar e educar, e do homem como dotado de força e razão, com uma natureza forte que não o tornava submisso aos outros. Essas diferenças culturalmente elaboradas acabaram sendo consideradas naturais, inscritas no biológico, e passaram a ocultar relações de poder, marcadas pela dominação masculina, que mantiveram a separação e a hierarquização entre homens e mulheres (Sousa & Altmann, 1999). Quanto à cor de pele do filho adotivo, em 14 entrevistas houve preferência, e em sete não houve.…”
Section: Resultsunclassified
“…Entretanto, as entrevistas permitiram aferir que as interdições em relação às meninas no futebol não se dão necessariamente ou exclusivamente por seu sexo, mas sim pela diferença de habilidade técnica apresentada em relação à maioria dos meninos, dedução símile àquelas expostas em outros estudos de mesma temática 20 . Cabe ressaltar que grande parte de tal diferença existe possivelmente em decorrência das expectativas criadas e das características valorizadas em relação a meninos e meninas, o que gera desigualdades de incentivo e tempo de prática.…”
Section: Considerações Finaisunclassified
“…abrem espaço para uma escola comprometida com a cidadania, princípio da Inclusão e a igualdade de direitos. 4 Como alerta Sousa e Altmann 4 para que essas idéias e valores se tornem realidade na Educação Física escolar, não basta incluí-los em leis e nas propostas curriculares, é preciso, de acordo com Arroyo 5 citado por elas, que a escola se situe na construção de um projeto político e cultural por um ideal democrático que reflita, ao mesmo tempo, a complexa diversidade de grupos, etnias, gêneros, demarcado não só por relações de perda, de exclusão, de preconceitos e discriminações, mas também por processos de afirmações de identidades, valores, vivências e cultura.…”
Section: Relaciones De Género En La Escuela Primaria: Un Análisis De unclassified
“…Giroux (1995), por exemplo, analisa a escola como lugar de dominação e reprodução, chamando a atenção para as marcas deixadas pelas questões de gênero, de classe e raça no agir e no pensar dos educadores. Investigações indicam ainda as variações de gênero na intervenção docente (Souza, 1999), assim como a necessidade de ser incorporada à abordagem educacional a dimensão sociocultural dos eventos relacionados à saúde sexual e reprodutiva, tais como a gravidez na adolescência (Oliveira, 1998).…”
Section: Desdobramentos: Desenvolvimento De Novos Conteúdosunclassified