volume 38, issue 141, P1035-1050 2017
DOI: 10.1590/es0101-73302017174089
View full text
|
|
Share

Abstract: RESUMO: Assumindo a hipótese de Joel Candau acerca da vigência hodierna de processos de individualização e fragmentação das memórias sociais, o presente artigo objetivou analisar as correspondências entre memória social e individualização na trajetória de atores sociais engajados em projetos de educação patrimonial no Brasil. Para tal, mobilizou duas estratégias analíticas. Na primeira, visou sumariar os principais contornos dos processos de individualização na modernidade e suas dimensões institucionais, sob …

Expand abstract

Search citation statements

Order By: Relevance

Citation Types

0
0
0

Paper Sections

0
0
0
0
0

Publication Types

0
0
0
0

Relationship

0
0

Authors

Journals