volume 27, issue 94, P295-299 2006
DOI: 10.1590/s0101-73302006000100014
View full text
|
Sign up to set email alerts
|
Share

Abstract: onvém ter presente o desabafo de François Truffaut ao escrever sobre filmes: o cineasta francês, lembra Jacques Aumont, queixava-se, nos anos de 1960, de que seus conterrâneos tinham duas profissões: a própria e a de críticos cinematográficos. Segundo Aumont, depois que a universidade começou a prestar atenção no cinema, a crí-tica de filmes tornou-se "análise" e a constatação de Truffaut segue pertinente (Aumont, 1996, p. 5-6). Ainda assim arrisco algumas linhas para comemorar a chegada em DVD, pela Videofil…

Expand abstract

Search citation statements

Order By: Relevance

Citation Types

0
0
0

Paper Sections

0
0
0
0
0

Publication Types

0
0
0
0

Relationship

0
0

Authors

Journals