2016
DOI: 10.15689/ap.2016.1501.12
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

IPSF: análise da estrutura interna em uma amostra de jovens adultos portugueses

Abstract: RESUMOA avaliação da percepção que se tem da família é fundamental para saber quanto os jovens estão satisfeitos com essa instituição social, sendo que em Portugal não existe uma escala com essa função. O objetivo deste estudo foi avaliar as semelhanças psicométricas do conjunto inicial de 136 itens que foi utilizado na construção do Inventário de Percepção do Suporte Familiar (IPSF) no Brasil, tendo sua versão final com 42 itens e comparar os resultados em uma amostra portuguesa de jovens adultos (N=248). Par… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1
1

Citation Types

0
0
0
6

Year Published

2018
2018
2023
2023

Publication Types

Select...
6

Relationship

1
5

Authors

Journals

citations
Cited by 6 publications
(6 citation statements)
references
References 20 publications
0
0
0
6
Order By: Relevance
“…Cabe destacar, ainda, a relevância do estudo para amostras de crianças e adolescentes considerando que a percepção do suporte familiar pode trazer consequências ao seu desenvolvimento emocional. Com isso, aspectos positivos como a prevenção de distúrbios afetivos, uma maior autonomia e autoconceito podem ser considerados como fatores positivos e, como aspectos negativos, têm-se o estresse, a ansiedade e a depressão ligados à falta de um suporte familiar adequado (Costa et al, 2016;Gonçalves et al, 2016;Peñate, González-Loyola, & Oyanadel, 2020;Van Harmelen et al, 2016). Essas associações com variáveis externas devem ser pesquisadas em estudos futuros.…”
Section: Discussionunclassified
See 1 more Smart Citation
“…Cabe destacar, ainda, a relevância do estudo para amostras de crianças e adolescentes considerando que a percepção do suporte familiar pode trazer consequências ao seu desenvolvimento emocional. Com isso, aspectos positivos como a prevenção de distúrbios afetivos, uma maior autonomia e autoconceito podem ser considerados como fatores positivos e, como aspectos negativos, têm-se o estresse, a ansiedade e a depressão ligados à falta de um suporte familiar adequado (Costa et al, 2016;Gonçalves et al, 2016;Peñate, González-Loyola, & Oyanadel, 2020;Van Harmelen et al, 2016). Essas associações com variáveis externas devem ser pesquisadas em estudos futuros.…”
Section: Discussionunclassified
“…A percepção de um suporte familiar satisfatório permite a prevenção de fatores relacionados a distúrbios afetivos de adultos, adolescentes e crianças (Gonçalves, Baptista, & Farcas, 2016). A literatura científica também indica que o suporte familiar é um fator capaz de intervir positivamente na autonomia e deleite de vida, possibilitando a diminuição de comportamentos negativos perante situações de estresse.…”
unclassified
“…A esses aspectos, é possível destacar a importância da família sob diferentes perspectivas como um fator de risco ou de proteção para o adolescente. Há consenso na literatura sobre a importância da adequada percepção do suporte familiar, para o desenvolvimento biopsicossocial da criança e do adolescente, sendo considerado também como um fator protetivo aos aspectos ligados aos transtornos afetivos em crianças, adolescentes e adultos (Dessen, 2010;Gonçalves, Baptista, & Farcas, 2016). Para Baptista, Baptista, e Dias (2001), a percepção do suporte familiar pode ter relação direta com o modo como a pessoa avalia a si mesma e as informações do meio em que está inserida.…”
Section: De Acordo Com O Manual Diagnóstico E Estatístico De Transtorunclassified
“…A literatura traz diversos autores que abordam que uma boa percepção de suporte familiar é muito importante para o desenvolvimento biopsicossocial da criança e do adolescente, sendo a ausência desse amplamente ligada a sintomas ou transtornos afetivos em crianças, adolescentes e adultos (Gonçalves, Baptista, & Farcas, 2016). Desta forma, podemos ver a família como sendo o maior fator protetivo, como rede primária para o estabelecimento de interações sociais e fornece a base necessária para formação e preservação da saúde física e psicológica da pessoa, sendo a falta desse suporte um dos principais fatores associados ao desenvolvimento de transtornos mentais.…”
Section: Introductionunclassified