volume 6, issue 3, P189 2021
DOI: 10.9771/cgd.v6i3.38403
View full text
|
|
Share
Edergenio Negreiros Vieira

Abstract: <p>Esse texto é uma viagem literária, musical, pop, idiossincrática e sub-reptícia por um caminho perscrutador das minhas subjetividades como homem, negro, professor, morador de periferia e militante social com duas obras literárias do escritor Lima Barreto: “Clara dos Anjos” e “Recordações do Escrivão Isaías Caminha” e as interseccionalidades de raça, gênero, machismo e sexismo presentes nos romances. Faço isso com a ajuda de Kilomba (2019), Beauvoir (1980), hooks (1989), Cândido (1995), Fanon (2008), F…

expand abstract