2002
DOI: 10.1590/s0102-79722002000300016 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: ResumoO presente artigo examina algumas questões teóricas e achados de estudos recentes acerca das implicações da doença orgânica crônica na infância. Analisam-se, em particular, as conseqüências emocionais da enfermidade precoce tanto para a criança como para sua família, especialmente no que se refere à relação mãe-criança. Além disso, discute-se as dificuldades enfrentadas pela família ao lidar com uma criança doente e os possíveis riscos de ajustamento aos quais ela pode estar exposta. Apesar dos avanços n… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance
0
0
0
0
0
0
19
0
122

Publication Types

Select...

Relationship

0
0

Authors

Journals