volume 8, issue 1, P26 2016
DOI: 10.20396/rfe.v8i1.8643690
View full text
|
|
Share

Abstract: Como se aprende? O que é uma imagem sem imagens? Estas questões são o ponto de partida para o estudo das relações das imagens com a aprendizagem. Propomo-nos pensar que a aprendizagem não se pode fazer sem uma unidade de conexão, um processo criador virtual-actual. Aprender é uma “tarefa infinita” e transformadora dos movimentos do corpo, do pensamento e do espaço-tempo conjugados, que exige um encontro concreto feito de uma “familiaridade prática” experimental. Este é o objecto da nossa análise: a imagem enqu…

Expand abstract

Search citation statements

Order By: Relevance

Citation Types

0
0
0

Paper Sections

0
0
0
0
0

Publication Types

0
0
0
0

Relationship

0
0

Authors

Journals