2000
DOI: 10.1590/s0102-01882000000100003
View full text |Buy / Rent full text
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: RESUMOEste artigo pretende examinar como as idéias antiescravistas da Ilustração foram assimiladas por alguns letrados b r a s i l e i ros do começo do século XIX para mostrar a especificidade que elas adquiriram na sociedade escravista brasileira. Palavras-chave: Escravidão, Ilustração, Antiescravismo Brasileiro. ABSTRACTThis article intends to examine how the antislavery ideas of the Enlightnment were assimilated by some Brazilian men of letters of the early nineteenth century to show the specificity they ac… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1
1

Citation Types

0
1
0
4

Year Published

2001
2001
2021
2021

Publication Types

Select...
3
1

Relationship

0
4

Authors

Journals

citations
Cited by 7 publications
references
References 1 publication
0
1
0
4
Order By: Relevance
“…For this generation of Luso-Brazilians, slavery made labor vile, as it hindered agricultural prosperity and the flourishing of industry. Like the economy, civilization, morality, the educated, and the young were impregnated by immorality (ROCHA, 2000). Based in Brazil, the Portuguese immigrants at times were diverted to the military and prevented from prospering.…”
Section: Between Imperial Unity and Defense Of The Economy (C 1790-1820)mentioning
confidence: 99%
“…For this generation of Luso-Brazilians, slavery made labor vile, as it hindered agricultural prosperity and the flourishing of industry. Like the economy, civilization, morality, the educated, and the young were impregnated by immorality (ROCHA, 2000). Based in Brazil, the Portuguese immigrants at times were diverted to the military and prevented from prospering.…”
Section: Between Imperial Unity and Defense Of The Economy (C 1790-1820)mentioning
confidence: 99%
“…Este sentimento progrediria até se tornar uma doença, muitas vezes fatal, com manifestações físicas e mentais: enorme tristeza, insônia, fraqueza, falta de apetite, alterações gastrintestinais, ansiedade, palpitações cardíacas, febre, apatia, estupor, além das incessantes e suspirosas lembranças do lar distante. O único remédio eficaz, reconheciam os médicos militares, era o retorno à terra natal, já que os nostálgicos não serviam mais para as armas (Rosen, 1975).…”
Section: Sobre Os Trechos Selecionadosunclassified
“…Interessa aqui destacar que, como observa George Rosen (1975), em fins do século XVIII a nostalgia era aceita como entidade clínica, reconhecida por médicos como uma enfermidade ocorrente em diversos grupos sociais, não apenas entre soldados, e descrita em vários países da Europa. Sua descrição e tratamento foram incluídos nos tratados sobre as moléstias mentais do período, como o de Thomas Arnold, de 1782, que listou a "loucura patética" (pathetic insanity), na qual uma paixão tomava totalmente a mente, e da qual uma variedade seria a "loucura nostálgica" (nostalgic insanity), que levava à apatia e ao desinteresse pela vida.…”
Section: Sobre Os Trechos Selecionadosunclassified
“…Em primeiro lugar, porque o Iluminismo sempre foi profundamente ambíguo no que se refere ao problema da escravidão. Desde Montesquieu, na primeira metade do século XVIII, até as Reflexões sobre a escravidão dos negros, de Condorcert, de 1781, entrando pelo século XIX afora, o pensamento ilustrado sempre oscilou entre as proposições de emancipação gradual dos cativos, de mitigação do cativeiro(Rocha 2000), ou, como no caso de Azeredo Coutinho(Neves 2000), de sua justificação.Desse modo, sugere-se que, em Portugal, a elaboração dos textos legais de 1761 e 1773 guardava estreita relação com o movimento atlântico que, em conjunto, impunha condutas civilizadas, alargava o status de insider e espalhava os benefícios do pacto social. Mas não havia absolutamente nada de revolucionário ou progressista aí.…”
unclassified