1994
DOI: 10.1080/00224065.1994.11979523
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Charts with Variable Sample Size

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1

Citation Types

0
150
0
9

Year Published

1999
1999
2017
2017

Publication Types

Select...
5
4

Relationship

0
9

Authors

Journals

citations
Cited by 255 publications
(159 citation statements)
references
References 7 publications
0
150
0
9
Order By: Relevance
“…Assim, a prática comum para as avaliações de processos através dos gráficos de controle é a retirada de amostras aleatórias de tamanho definido de acordo com o planejamento organizacional, a cada determinado período, mensuradas da mesma forma, para que dessa maneira seja possível investigar se o processo apresenta-se ou não sob controle estatístico. Para que o processo seja classificado como sob controle é necessário que os pontos plotados no gráfico estejam dentro dos limites estabelecidos e que a apresentação encontrada seja aleatória tanto na parte superior, quanto na inferior à linha média que mensura a característica da qualidade avaliada (COSTA, 1994;DINIZ, 2001;CARVALHO, 2008). Bueno (2010), Soares (2000), Chaves & Teixeira (1997).…”
Section: Materiais E Métodosunclassified
“…Assim, a prática comum para as avaliações de processos através dos gráficos de controle é a retirada de amostras aleatórias de tamanho definido de acordo com o planejamento organizacional, a cada determinado período, mensuradas da mesma forma, para que dessa maneira seja possível investigar se o processo apresenta-se ou não sob controle estatístico. Para que o processo seja classificado como sob controle é necessário que os pontos plotados no gráfico estejam dentro dos limites estabelecidos e que a apresentação encontrada seja aleatória tanto na parte superior, quanto na inferior à linha média que mensura a característica da qualidade avaliada (COSTA, 1994;DINIZ, 2001;CARVALHO, 2008). Bueno (2010), Soares (2000), Chaves & Teixeira (1997).…”
Section: Materiais E Métodosunclassified
“…Reynolds et al (1988) estudaram o gráfico de X com intervalo de tempo entre amostras variável (VSI -Variable Sampling Interval). O próximo parâmetro a ser considerado variável foi o tamanho de amostra: Prabhu et al (1993) e Costa (1994) estudaram este esquema (VSS -Variable Sample Size). A direção natural de prosseguimento da pesquisa era fazer variáveis tanto o tamanho de amostra quanto o intervalo de tempo entre amostras (VSSI -Variable Sample Size and Sampling Interval), ou então fazer variáveis todos os parâmetros, incluindo o fator de abertura dos limites de controle (Vp -Variable Parameters).…”
Section: Introductionunclassified
“…a region inside the control limits but close to them, the next sample size should be large to increase the sensitivity of the chart. However, if the point falls in the central region, the next sample size can be small, since there is no evidence that the process had shifted (see Daudin, 1992;Prabhu et al, 1993Prabhu et al, , 1994Costa, 1994;Zimmer et al, 1998; and, more recently, Wu, 2011;Wang, 2012, andCastagliola et al, 2012). Similarly, in a VSI chart, the time to take the next sample should be smaller if the point falls in the warning region because the process could need a quick adjustment.…”
mentioning
confidence: 99%
“…Similarly, in a VSI chart, the time to take the next sample should be smaller if the point falls in the warning region because the process could need a quick adjustment. Conversely, the time to take the next sample can be large if the current point falls in the central region, since the risk of being out of control is very low (see Reynolds et al,1988;Cui and Reynolds, 1988;Runger and Pignatiello, 1991;Costa, 1994Costa, , 1999aCosta, , 1999bTagaras, 1998;Mahadik, 2013). …”
mentioning
confidence: 99%