2011
DOI: 10.1590/s0101-33002011000200010
View full text
|
|
Share

Abstract: O paradoxo entre o discurso da liberdade e a prática da escravidão marcou a ascensão de uma série de nações ocidentais no interior da nascente economia global moderna. O artigo explora o uso da metáfora da escravidão no iluminismo filosófico europeu, e sugere que a "dialética do senhor e do escravo" hegeliana tem raízes mais na história contemporânea -particularmente, nas notícias que chegavam à Europa da Revolução Haitiana de 1791 -do que na tradição herdada pelo filósofo alemão.PALAVRAS-CHAVE: Iluminismo; D…

Expand abstract

Search citation statements

Order By: Relevance

Citation Types

0
1
0
1

Paper Sections

0
0
0
0
0

Publication Types

0
0
0
0

Relationship

0
0

Authors

Journals