2016
DOI: 10.1590/0103-7307201607902 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: Resumo O presente texto tem por objetivo discutir e problematizar as concepções de gênero da princesa Barbie em um filme de animação e nas falas de crianças, bem como refletir sobre novas possibilidades de feminilidades a partir de uma protagonista de filmes de animação, produzida em experiências de produção de filme com crianças. Os questionamentos a serem debatidos são fruto de pesquisa, com apoio do CNPq, além de projetos de extensão sobre produção de filmes de animação com crianças. A reflexão empreendida … Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance
Select...
2
1
0
1
0
2

Year Published

2018
2018
2020
2020

Publication Types

Select...
3

Relationship

0
3

Authors

Journals

0
1
0
2
Order By: Relevance
“…The division of children into two genders was made with the aim of investigating whether female children are the most affected by the overvaluation of beauty, as indicated by the literature about the subject (Carvalho & Serpa, 2014;Cechin & Silva, 2012;Kirchof & Bonin, 2013;Roveri & Soares, 2011;Silveira Netto, Brei, & Flores-Pereira, 2010;Simili & Souza, 2015;Xavier Filha, 2016). In view of the large number of subjects surveyed, the school proved to be the most convenient place, in addition to the fact that children are already familiar with interacting with several adults (Delval, 2002).…”
Section: Study Context and Participantsmentioning
“…Como mais um dispositivo de tecnologia de gênero, o cinema emerge como uma principal potência disseminadora de conteúdos férteis e ricos ao(s) público(s) para o(s) qual(is) se destina. Na atualidade, portanto, podemos compreendê-lo como um dos principais mecanismos propagadores de ideias, valores, mensagens e conteúdos para seu público expectador (XAVIER FILHA, 2016).…”
Section: Introductionunclassified
“…Cientes de que as normas de gênero são estruturadas e perpetuadas por diversas instâncias sociais, dentre elas a família, religião, escola, política, entre outros, o cinema surge como uma principal ferramenta para disseminação de variados conteúdos ao público para qual se destina (XAVIER FILHA, 2016). Torna-se importante problematizar, neste contexto, como a produção cinematográfica tece seus roteiros objetivando atingir determinado público através de diálogos, signos, significações e marcadores identitários (idem), uma vez que determinado filme pode ser assistido e reassistido inúmeras vezes, favorecendo a internalização de discursos, gestos e linguagens, ensinando hábitos, costumes, atitudes e comportamentos (SABAT, 2001).…”
Section: Introductionunclassified