2003
DOI: 10.1590/s0102-09352003000600016 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: Dos protozoários que freqüentemente acometem os animais e o homem, Giardia spp. tem despertado maior interesse dos pesquisadores, possivelmente por seu potencial como agente de zoonose, além de causar, em animais jovens, diarréia intermitente com comprometimento da digestão e absorção de alimentos, acarretando desidratação, perda de peso e morte.As espécies de Giardia isoladas de mamíferos apresentam aspectos morfológicos e propriedades antigênicas, genéticas e bioquímicas similares (Leib, Zajac, 1999).Sua pre… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance
Select...
2
0
4
1
12

Year Published

2008
2008
2019
2019

Publication Types

Select...
4

Relationship

0
4

Authors

Journals

0
4
1
12
Order By: Relevance
“…may have varied pathogenicity degrees. This zoonotic protozoan leads to severe disease in puppies and animals that are debilitated or present concomitant diseases, of which diarrhea is most common (MUNDIM et al, 2003). Clinical manifestations of giardiasis in humans include fatty stools, flatulence, diarrhea and abdominal cramps, although most cases are asymptomatic (ELBAKRI et al, 2014).…”
Section: Introductionmentioning
“…affects animals and humans, causing diarrhea the most common symptom and jeopardizes the digestion and absorption of food, which results in dehydration, weight loss, and death, especially in young animals and those with concomitant or debilitating diseases (MUNDIM et al, 2003). The number of cysts ingested by the host is an important factor for the pathogenesis of this disease.…”
Section: Introductionmentioning
“…MUNDIM et al, 2003), sendo assim uma enfermidade de veiculação hídrica(SWANGO et al, 1992). Todavia, também pode ser transmitida pela ingestão de alimentos ou fezes contaminadas(CAMPOS et al, 2008;MUNDIM et al, 2003).…”
unclassified
“…MUNDIM et al, 2003), sendo assim uma enfermidade de veiculação hídrica(SWANGO et al, 1992). Todavia, também pode ser transmitida pela ingestão de alimentos ou fezes contaminadas(CAMPOS et al, 2008;MUNDIM et al, 2003). É fundamental o conhecimento da frequência de parasitos gastrintestinais em animais de companhia, não só para estabelecer medidas de prevenção e controle, que garantam o bemestar e a saúde desses animais(WEESE et al, 2002), assim como pelo potencial zoonótico que eles possuem (CAPUANO;ROCHA, 2006;OGASSAWARA et al, 1986).Durante o ano de 2017, foram recebidas no Laboratório de Doenças Parasitárias (Ladopar) da Faculdade de Veterinária da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL), 474 amostras fecais de pequenos animais para análise coproparasitológica, sendo 449 de cães e 25 de gatos.…”
unclassified
“…Durante seu ciclo evolutivo, há dois estágios de vida: a forma cística e a forma trofozoíta (BECK et al, 2005), sendo o cisto a forma infectante (MACHADO et al, 2001). Em animais jovens, causa diarréia intermitente com comprometimento da digestão e absorção de alimentos, acarretando desidratação e perda de peso, que podem levar à morte (MUNDIM et al, 2003 O animal foi capturado em uma propriedade rural, no interior do município, devido a apresentar-se apático, fraco e com manchas de sangue no pêlo, onde foram observadas escoriações profundas. O felino foi conduzido ao zoológico da cidade, sendo anestesiado para realização de exame clínico, tratamento das lesões e coleta de amostras.…”
unclassified